M&A

Valuation: o que é e como ele ajuda no M&A?

Você já ouviu falar em Valuation? Se está no mercado, provavelmente pelo menos já ouviu falar a respeito do que pode ser traduzido, no português, como avaliação de empresas.

Resumidamente, ele é uma maneira de estimar o valor mais próximo do “justo” de um negócio.

Ele tem algumas funções bem específicas para além de entender o valor percebido de uma empresa para a compra de ações na Bolsa de Valores.

O Valuation é feito, geralmente, para a negociação – compra ou venda de uma empresa, para a entrada ou saída de um sócio ou mesmo para determinar o retorno esperado de suas ações em termos de dividendos.

Um passo atrás: o M&A

Mas nosso título é “Valuation: o que é e como ele ajuda no M&A?”. Quem acompanha o blog da Zucchi, já deve ter percebido: o M&A é um assunto do qual estamos falando com certa frequência ultimamente. 

Já falamos o que é o M&A, quais as etapas, as vantagens de ser um licenciado Zucchi M&A, como o M&A pode ser uma fonte de renda, como sua empresa pode crescer com o M&A e, ainda, o papel do Plano de Negócio no M&A.

Contudo não custa lembrar: o M&A (do inglês, Mergers and Aquisitions) significa fusões e aquisições.

Essa é uma estratégia que pode trazer inovação, conhecimento, otimização de operação  e de custos, expansão de mercado, dentre outros.

Então, como já mencionamos em outros posts, a Zucchi M&A trabalha com uma metodologia que possui cinco fases: Interesse, Preparação, Divulgação, Negociações e Transação.

Depois da captação de uma empresa com Interesse em realizar o M&A, é na fase de Preparação que o Valuation é desenvolvido.

Inúmeros dados são coletados para que o documento seja feito com embasamento na realidade da empresa.

Aprofundando sobre o Valuation

Agora que a gente já compreendeu a respeito do que é o Valuation e relembramos o que é o M&A, vamos aprofundar mais sobre como são feitas as avaliações e cálculos para se chegar a um valor da empresa.

Primeiro, é importante ressaltar: não há uma forma única desse cálculo. Portanto, os valores de uma empresa podem variar de acordo com a técnica utilizada e quem a realiza.

Um segundo ponto bastante relevante, é que, acima de tudo, é necessário e fundamental saber, conhecer e confiar no trabalho de quem faz o Valuation. 

Esse profissional precisa, necessariamente, ter conhecimento aprofundado de mercado e uma base sólida a respeito do setor. 

Além disso, há outras questões que certamente influenciam no valor final estabelecido para uma empresa.

Dentro da metodologia do Valuation, podem ser utilizadas várias técnicas, como, por exemplo, o Fluxo de Caixa Descontado (FDC, o mais conhecido e utilizado no mercado), a avaliação patrimonial e os múltiplos.

Entretanto, é bastante importante frisar: não há uma maneira única e, muito menos, categórico, permanente e definitiva de calcular uma avaliação de empresas.

Na Zucchi, não usamos necessariamente somente uma técnica. Utilizamos a que se encaixa melhor para o negócio do empreendedor. 

Mas alguns detalhes são importantes:

– Fluxo de Caixa Descontado

É a técnica menos subjetiva dentre todas. É feito um planejamento orçamentário para os próximos 60 meses, se for uma empresa de comércio ou serviço, e para os próximos 120 meses, no caso de indústrias.

Depois, é projetada a geração de caixa em cima desse planejamento orçamentário e é descontado a valor presente. Com isso, criamos um valor de perpetuidade.

– Avaliação Patrimonial

É uma forma que precisa de determinado cuidado. Isso porque o patrimônio de uma empresa pode ser grande, mas não gerar caixa. O ideal é que uma empresa tenha potencial de geração de caixa para ter valor.

Porém, o valor patrimonial não pode ser simplesmente ignorado.

– Múltiplos

Pode ser utilizada concomitantemente às duas técnicas anteriores. Basicamente, é uma avaliação do que o mercado está pagando ou pagou em outros momentos por empresa similares, do mesmo segmento.

Valuation bem feito = melhores resultados

E é nesse sentido que contratar a produção de um relatório de Valuation de uma consultoria bastante competente pode ser decisivo quando você comprar ou vender uma empresa. 

Ou seja, esse documento, quando bem feito, por profissionais que conhecem o mercado, pode ser decisivo para deliberações fundamentais a você. 

E aqui mais uma informação que reforça a necessidade de um Valuation feito com excelência: ele é relacionado às estimativas. Portanto, fala a respeito do futuro da empresa. 

Assim, o documento precisa, para ser confiável, ter sido feito por pessoas com experiência, com visão de mercado e que já vêm atuando na compreensão de negócios.

Se você fizer o Valuation da sua empresa, é possível que o resultado seja enviesado: vínculos emocionais com o negócio são o principal viés que atrapalha a visão da realidade.

Por isso, é muito importante que haja uma adequação de posicionamento entre a expectativa do empresário com o que o negócio realmente vale.

Qual a relação do Valuation com o M&A?

Como já falamos acima, numa negociação da empresa (compra e/ou venda), é fundamental que o Valuation seja feito. Por isso, para as Fusões e Aquisições (que significa M&A), o Valuation é uma peça chave.

Sem o Valuation, é muito mais difícil que o empreendedor consiga planejar adequadamente seu negócio pensando no futuro. 

Porém, acima de tudo, sem o Valuation é bastante complicado perceber, identificar e buscar as melhores e mais vantajosas oportunidades para o próprio negócio. Uma delas pode, sim, ser o M&A. 

É nesse sentido que a Zucchi M&A está no mercado e pode contribuir significativamente com seu negócio. Tanto se você deseja vender sua empresa, adquirir outra ou realizar uma fusão, nosso trabalho vai tornar todo o processo mais:

– confiável, porque temos know how;

– simples, porque temos experiência;

– compatível com as necessidade, porque buscamos, antes de mais nada, qual a dor do empresário.

Quer saber mais sobre Valuation? Entre em contato conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *