Inovação

Qual é o custo de não fazer inovação?

custo_de_não_fazer-inovação

A inovação é um dos temas que mais gostamos de falar aqui na Zucchi. Por isso,  preparamos mais um conteúdo para falar com você sobre esse tema.

A gente costuma falar bastante sobre o que é inovação, sobre como inovar ou como ser inovador. Mas você já parou para pensar no que acontece quando uma empresa não inova?

Talvez você já tenha ouvido falar sobre as empresas Kodak, Blockbuster, Yahoo, BlackBerry. Então, você já parou para pensar o quanto de mudança vem acontecendo ao longo desta última década e que, mesmo sem notar, somos quase que forçados a nos adaptar a essas mudanças do mercado? 

A tecnologia está muito presente em nossa vida e tem mudado intrinsecamente a forma de suprir nossas necessidades.

A Kodak, mesmo sendo um dos casos mais antigos, provavelmente é o mais marcante, pois dominava com muita folga seu segmento. Só pra se ter noção da sua predominância no mercado, ela teve aproximadamente 80% da vendas de câmeras e de 90% de filmes fotográficos nos EUA, o principal mercado do mundo. Sem contar que era uma presença muito forte em todo o globo, inclusive no Brasil.

Porém, a empresa sofreu uma crise tão forte que decretou falência em 2012. Por um simples fato que não ter aderido às mudanças tecnológicas e  ao mercado digital a tempo.

Mesmo voltando a operar com o desenvolvimento de novas tecnologias, como tintas especiais e inovações na área de impressão, a Kodak ainda passa longe dos 144 mil funcionários que chegou a ter no seu auge.

Entendendo seu mercado

Entender para qual a direção o mercado vai e que quem define o mercado são os consumidores é imprescindível para qualquer empresa manter-se no mercado. Caso contrário, ela estará fadada a perder espaço e valor.

Para acompanhar a velocidade da tecnologia nos mais diversos nichos, é necessário estar atento em como seu produto ou serviço está sendo oferecido. Se ele está atendendo as necessidades do cliente, melhorando sua experiência. É necessário sempre estar um passo à frente da concorrência.

Muito mais que acompanhar a tecnologia, é necessário se adaptar à nova economia. Para assim, melhorar seus resultados e sobreviver nesta era de mudanças intensas.

Vejamos o caso da televisão, por exemplo. As pessoas já não consomem conteúdo somente dessa fonte e, aos poucos, com a entrada da  internet, passam a ter outras opções para consumir filmes, novelas, séries, noticiários. Ou seja, produtos que eram exclusivos das redes de televisão.

Percebe-se, então, que essas mudanças afetaram um mercado já consolidado, obrigando a TV a se adaptar ao novo contexto.

Por isso, aquele que estiver um passo à frente pode fazer parte desse futuro e lucrar com essas mudanças. Emissoras de televisão estão buscando inserir o seu conteúdo em plataformas digitais. Aproveitando ao máximo seu potencial de distribuição e criação de conteúdo. Estão virando grandes produtoras digitais que distribuem seu conteúdo em múltiplas plataformas, como transmissão por streaming de mídias.

Na HBO Go, no Globo Play e no SBT Vídeos (ao vivo), por exemplo, é possível ter acesso a conteúdo que foi exibido pela televisão anteriormente. Como cenas específicas de telenovelas ou outros programas da grade e até episódios completos de séries e outros programas.

Até o Facebook está aumentando sua participação no mercado de streaming de mídias. Já que agora passou a transmitir jogos da Copa Libertadores da América ao vivo (com exclusividade) às quintas-feiras. Às terças ou quartas os jogos são transmitidos simultaneamente no Facebook e em outros meios para os países de língua espanhola da Conmebol.

Inovação para se adaptar

Todas as mudanças que vieram e que ainda estão por vir nesse processo tiveram impactos positivos na qualidades da vida das pessoas. Facilitando rotinas, reduzindo custos e resolvendo muitos problemas com mais facilidade.

A inovação, que pode ser feita a partir de um produto ou de um serviço, diferentemente da invenção. Trazendo algo diferente e novo, aproveitando processos e produtos já existentes, vendo possibilidades e solucionando uma dor do cliente.

Inovação em processos não necessariamente tem impacto no produto final. Mas tem reflexos na qualidade com que a empresa conduz seus processos, nos custos e nas despesas da estrutura. Gerando também, economia, otimização de recursos e evitando gastos desnecessários.

Esse tipo de inovação funciona como um manual, elaborado a partir da junção de pequenos passos, também conhecido como Planejamento.

No processo de inovação em Marketing, fala-se muito na experiência que o produto ou o serviço vai gerar para o cliente. Mudando talvez o layout do produto ou a embalagem, gerando novos canais de vendas, novas estratégias de divulgação e geração de experiências de consumo.

O novo conceito de Marketing está fortemente ligado aos resultados da empresa. E essa inovação é necessária para se manter competitivo no mercado.

Modelo de negócios ajustável

Inovar no modelo de negócios é pensar um pouco fora da caixa. Deixar as oportunidades que estão surgindo nesta nova era fazer parte do sucesso do negócio, inovando em modelos digitais além da forma física, em negócios escaláveis.

Ou seja, a possibilidade de multiplicar sua renda sem ter que aumentar seus custos na mesma proporção. Como a Netflix, por exemplo, que consegue oferecer o mesmo serviço de streaming para todos os clientes, sejam 100 usuários, sejam 100 mil usuários.

Sabemos que o objetivo de qualquer empresa é a permanência no mercado por muito tempo, e não somente ter receita presente. Ao investir todas as fichas com base nos produtos atuais, a organização pode estar comprometendo o seu futuro.

Ainda, percebemos a resistência de muitas empresas quanto à inovação. Mas precisamos nos dar conta que grandes inovações, como redes sociais ou a invenção do avião, não ocorrem todos os dias. A maioria das inovações são algo a mais, que visam melhorar processos atuais ou criar produtos melhores.

A grande questão é que se a sua empresa não inovar, seus concorrentes irão inovar. Com produtos ou serviços mais competitivos e melhores que os seus. Se você for ao contrário disso, está sujeito a comer poeira.

A Zucchi possui projetos de planejamento estratégico que permitem gerar inovação nos negócios. Através das nossas metodologias sua empresa pode se tornar mais inovadora. 

Se você se interessa pelo tema da inovação e quer conversar um pouco mais sobre o assunto, entre em contato e venha tomar um café com a gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *