Gestão

Valuation: Quanto vale a minha empresa? Aprenda a calcular o valor do seu negócio

zucchi-capa-valuation

Mesmo que você não saiba o que significa “valuation” você já deve ter se perguntado: “Quanto vale a minha empresa?”

Essa talvez seja uma das perguntas com mais respostas que se pode encontrar. A maioria esmagadora dos empresários e empreendedores tem um grande apego sentimental ao seu pequeno filho (leia-se CNPJ). 

O grande problema é que os investidores não dão a mínima pra quanto você sofreu pra colocar sua empresa, seu negócio ou até mesmo sua simples ideia no patamar em que está.

Quando falamos de negociações de empresas, compra e venda, ou simplesmente a entrada de um novo sócio, ou até mesmo a saída de um sócio, é preciso entender que o que deve ser levado em consideração na hora da formação do preço dessa empresa não são seus ativos, mas, sim, sua geração de caixa.

Você pode ter uma empresa com R$ 2 milhões em máquinas e equipamentos. Mas, se ela não gera caixa (dinheiro), ela não vale nada.

Toda empresa existe para gerar riqueza, e essa riqueza é evidenciada através do caixa da empresa. Portanto, se a empresa não gera caixa, não tem valor. E é aí que entra o valuation.

O que é valuation?

Uma das técnicas mais utilizadas para descobrir quanto vale uma empresa é o que conhecemos por valuation. Esse termo, que vem do inglês e significa avaliação de empresas, consiste em um conjunto de métodos financeiros que podem ser utilizados na determinação de um valor que esteja de acordo com o seu negócio. 

O valuation pode ser usado em diferentes momentos, com diversas finalidades. Tais como aquisição da empresa, entrada de novos sócios, dentre outros.

Por que calcular o valor da minha empresa?

São muitos os motivos para calcular o valor da sua empresa. O primeiro ponto é que, fazendo isso, você consegue demonstrar com facilidade aos acionistas, sócios e investidores em potencial o retorno sobre o investimento que terão com o seu negócio.

Investir em valuation é positivo para todos os negociantes, pois permite mostrar um valor plausível de negociação, acelerando o processo. Além disso, ajuda a tomar decisões estratégicas internamente. Como serão projetados fluxos futuros e os seus impactos, será possível avaliá-los com clareza.

Principais métodos de valuation

Se você se convenceu da importância de calcular o seu valuation, talvez esteja se perguntando: mas como fazer isso?

Há uma série de métodos para avaliar empresas. Especialistas recomendam, inclusive, que se utilize mais de um deles. O que permite comparar e ponderar os valores obtidos com cada método e chegar a um resultado melhor.

Conheça, agora, os principais métodos que podem ser usados para avaliar sua empresa.

Método pelo valor patrimonial

Essa é a forma mais simples de avaliar uma empresa. Para colocar em prática o método por valor patrimonial é preciso avaliar o valor de bens e direito (os ativos) e subtrair dele as obrigações e deveres (os passivos). Em resumo, consiste no valor do patrimônio líquido que consta em seu balanço patrimonial.

Método por valor de liquidação

Outro método bastante utilizado é o método por valor de liquidação. Ele consiste em calcular o montante que se refere à venda dos ativos tangíveis (aqueles que podem ser medidos de forma monetária) da empresa depois da liquidação de dívidas com fornecedores. De forma resumida, é o valor mínimo pelo qual uma empresa pode ser vendida.

Método por valor de mercado

O método por valor de mercado, por sua vez, é aplicado às empresas de capital aberto. Ou seja, que estão presentes na bolsa de valores. Esse método de avaliação de empresas tem por base o valor das ações: é definido um período de tempo e, então, calcula-se a média ponderada do preço das ações nesse período, dividindo-a pela quantidade de ações.

Múltiplos EBITDA

No método de múltiplos EBITDA é necessário levantar o resultado operacional líquido da empresa, multiplicando-o pelo múltiplo de outras transações do mesmo segmento de mercado. Algo a observar é que os valores desses múltiplos variam com frequência, já que enfrentam a interferência de fatores como o momento econômico do país e do mercado de atuação.

Método fluxo de caixa descontado

Por último, mas não menos importante, está o método de fluxo de caixa descontado. Esse é, aliás, o método de valuation mais usado pelas empresas. Por meio dele é possível avaliar o mercado e as suas tendências, além de projetar o fluxo de caixa futuro usando uma taxa de desconto que esteja de acordo com o segmento de atuação da empresa.

O método, no entanto, requer mais entendimento do mercado de atuação, assim como do posicionamento e projeções de crescimento da empresa.

Veja, no quadro abaixo, um comparativo resumido dos pontos fracos e fortes de cada método de valuation.

valuation-tabela-fluxo-caixa

Como calcular o valuation da sua empresa em 5 passos usando o método de fluxo de caixa descontado

Como falamos acima, o método de fluxo de caixa descontado não é a única forma de avaliar uma empresa, mas é a mais comum. Por isso, trazemos aqui um breve a passo de como utilizá-la em 5 passos.

1. Tenha um planejamento orçamentário

O primeiro passo para fazer o valuation é criar um planejamento orçamentário para sua empresa. Nessa etapa você deve planejar receitas e gastos, baseados não somente em históricos passados, mas também considerando condições mercadológicas, econômicas, políticas etc. 

Para que esse planejamento seja condizente com a realidade, é preciso conhecer intimamente a realidade operacional, financeira, comercial e o modelo de negócio utilizado por sua empresa.

2. Crie uma projeção de fluxo de caixa

O segundo passo é criar uma projeção de fluxo de caixa com base no planejamento orçamentário elaborado. Nesse momento você vai descobrir se sua empresa será capaz de transformar o lucro econômico em “moedinhas” no caixa, pois de nada adianta sua empresa ter lucro e não ter caixa.

3. Some todos os fluxos de caixa

Em terceiro lugar, traga todos os fluxos de caixa a valor presente e somá-los. É preciso entender que não podemos comparar valores monetários em datas diferentes. Então, para fazermos uma análise coerente dos valores de caixa gerados pela empresa precisamos comparar todos no mesmo dia.

Para esse cálculo utiliza-se uma taxa de desconto chamada custo de oportunidade. Que, a grosso modo, representa as oportunidades de investimento disponíveis no mercado. O resultado desse cálculo é conhecido por valor presente líquido (VPL) do projeto;

4. Calcule a perpetuidade

Ninguém abre uma empresa pensando em fechá-la. A ideia inicial é que essa empresa se perpetue. Você deve, portanto, calcular o valor que representa esse ‘ganho eterno’ da empresa. Você encontra esse valor dividindo o último fluxo de caixa projetado pelo custo de oportunidade, ambos na mesma medida de tempo;

5. Some VLP e perpetuidade

Por fim, o último passo consiste em somar o VPL do projeto com a perpetuidade para descobrir quanto vale sua empresa.

Lembre-se: toda empresa existe exclusivamente para gerar riqueza. Não interessa quanto você possui de ativos, não interessa quanto você fatura. O que realmente interessa é quanto dinheiro sobra ao final do mês.

Neste post, procuramos mostrar o conceito de valuation, os principais métodos e como usar o mais comum deles. No entanto, se você está com dificuldade para colocar a mão na massa, saiba que não está sozinho.

Embora alguns métodos sejam simples, o resultado é mais rápido e preciso caso seja feito por uma pessoa especializada. Isso porque, além da expertise, quem vê de fora tem mais facilidade para considerar apenas dados, números e estatísticas, algo mais complicado para quem vive a rotina da empresa.

Se você precisa mensurar o valor da sua empresa, entre em contato com a Zucchi. Nosso time de especialistas está à disposição para tirar as suas dúvidas e ajudar em todo o processo.


4 thoughts on “Valuation: Quanto vale a minha empresa? Aprenda a calcular o valor do seu negócio”

    1. Olá Paulo! Tudo bem? Você tem total razão. A marca de uma empresa é um fator preponderante na geração de caixa mensal de qualquer negócio. Por isso é de suma importância protegê-la através do registro.
      Grande abraço!

    1. Olá Victor! Tudo bem? Obrigado pelo feedback. Você tem total razão, infelizmente alguns empresários não acompanham esse indicador. Nas empresas em que prestamos assessoria nós utilizamos o Valuation para medir o índice de eficiência gerencial da empresa, assim provamos o valor das ações que estamos tomando.
      Grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *